Valeu, Suécia! Os afegãos agradecem.

23/10/2009


A Suécia é bem conhecida pela sua população xenófoba, pela sua alta taxa de suícidio, por queimar coelhos para fabricar combustíveis e por exportar 700 milhões de dólares em armas.

A imagem idílica e falsa de um Suécia neutra a todos os conflitos tem se desfeito há algum tempo. Esta semana, o país deu mais um passo para o envolvimento de suas forças armadas nos conflitos internacionais. Coincidindo com a reunião dos ministros da Defesa da União Europeia, realizada em Gotemburg, o governo fez planos para aumentar ainda mais o número de tropas no Afeganistão, incluindo os helicópteros e os agentes de inteligência.