José Dirceu: É inacreditável, mas é verdade. A Folha joga contra o país.

05/10/2009


A Folha joga contra o país, joga para baixo, desde que seja para prejudicar Lula e o PT, não importa. Assim foi seu comportamento quando do anúncio da vitória do Rio de Janeiro, uma vitória de todos nós, mas ela lembrou dos gastos e começou a fazer campanha agora não contra o Rio ser a sede das Olimpíadas, essa já ganhamos, mas para não dar certo o evento. Podem esperar, hoje, seus articulistas são uma tragédia, começando pela inigualável Danuza Leão, que entre outras pérolas, nos brinda com essa: “Mas é um perigo o excesso de ufanismo, o excesso de nacionalismo, nenhum país foi mais nacionalista do que a Alemanha, nos anos 30...” 

Como podemos dormir felizes e alegres com um barulho desses? Vejam outra dela: “E por falar nisso, será que o prefeito e o governador não poderiam ter comprado duas passagens para não fazer o vexame de pedir o avião de um empresário emprestado? Em Brasília, se uma autoridade pega uma carona num jatinho, já dá CPI.” Não dá não, Danuza. Muitas e muitos, inclusive jornalistas, voaram e voam em aviões de senadores mantidos ou alugados com dinheiro público e não dá nenhuma CPI, fique tranqüila.

Para terminar um dos títulos da matéria da Folha de hoje sobre nossa vitória: “Comemoração vira boca-livre e balada em hotel”, onde volta com seu tema preferido sobre a “gastança” da delegação brasileira em Copenhague.