Criança Esperança

25/08/2009



Mais um mês de Criança Esperança. É interessante observar as contradições entre os argumentos inflamados sobre o Bolsa Família e Bolsa Escola e os panerígicos ao programa Global. As disparidades sociais e as pouco equânimes oportunidades de emprego e educação ainda constituem um dos fundamentos inapeláveis da sociedade presente. Apesar de ter alcançado um grau intermediário de desenvolvimento de suas forças produtivas, o Brasil todavia não superou o modelo de subdesenvolvimento industrializado, típico de países com certo grau de industrialização e elevada concentração de renda. Segundo o IBGE, mais de 60% das famílias sobrevivem com menos de 2 salários mínimos (aproximadamente R$900,00).